5 de fevereiro de 2013

Bem mais do que eu quis - Parte II



- Está na hora, querida. – Chamou a mãe, do corredor.
- Já estou indo, mãe!
Uma última olhada no celular: nenhum sinal de Joshua e uma semana já havia se passado.
Chegaram ao aeroporto mais rápido que o normal. Cada minuto no lugar onde havia sido criada parecia escorrer com mais rapidez que o anterior. Camila estava dando adeus a sua vida. O momento havia chegado.
- Pai, eu não quero ir. – suplicou pela última vez.
- Desculpe, querida.
A despedida foi cheia de lágrimas enquanto Vânia não parava de repetir que eram apenas dois meses. Dentro do avião, se sentia como nunca antes: abandonada. Conectou seus fones de ouvido, ligou seu ipod e, pelo resto da viagem, esqueceu-se do mundo.
Após horas de viagem a aeromoça anunciou que o avião iria pousar. Camila teve que respirar fundo... acabara de voltar a realidade.
Já no aeroporto ficou meio assustada com a multidão. Ela nunca estivera sozinha em ambientes como esse e estava torcendo para que achasse logo sua tia Lúcia.
Finalmente, duas horas após o pouso, tia Lúcia chegou apressada.
- Me desculpe, minha querida! Aconteceu um problema com uns alunos e acabei me atrasando.
- Tudo bem, tia...
- Olha só pra você! Parece tão abatida! Está com fome? Não é, querida?
Neste momento Camila percebeu que sentia falta do jeito estabanado de tia Lúcia.
- Não, tia, estou bem...
- Bem? Não está não! Mas que belo dia para aquelas crianças me aprontarem...
A mulher não conseguia parar de falar e assim foi por todo o caminho. Quando chegaram em casa, Camila ficou grata por conhecer o confortável quarto de hóspedes.
- Relaxe um pouco, querida. Quando o jantar estiver pronto eu te chamo.
Escolheu as roupas que iria usar durante o jantar, pegou a toalha que estava em cima da cama e seu nécessaire e rumou para o banheiro. A água quente caindo em suas costas foi a breve sensação de alívio que Camila tanto desejara. Sua vontade era permanecer ali por horas, até que seus problemas simplesmente desaparecessem, mas não queria abusar da hospitalidade de tia Lúcia.
Lutando contra a vontade enorme de ficar por mais cinco minutos, desligou o chuveiro e se enrolou na toalha. Pegou sua escova e começou a desembaraçar os cabelos lentamente, pensando em como seria passar as férias naquela casa sem seus pais, como se relacionaria com o marido de tia Lúcia e o filho do casal que não via há anos. Era capaz de morrer de vergonha.
Perdida em seus pensamentos, levou um susto quando viu a porta do banheiro se abrir e mostrar uma figura alta. Como aquela porta tinha aparecido ali? Jurava ter entrado pelo outro lado e trancado a porta.
- Você não sabe trancar a porta não? – perguntou rudemente o rapaz. O som de sua voz a fez tremer.
- E-eu tranquei sim. – olhou para o outro lado do banheiro.
- Você achou que esse banheiro era só seu? Tem que trancar as duas portas. – Ele era bonito demais para uma pessoa tão mal educada.
- Não percebi. Me desculpe. - Antes que tivesse terminado de falar, o garoto bateu a porta fazendo Camila pular com o barulho.
Quando se recuperou do susto veio a vergonha: ele a vira somente de toalha. 

9 comentários:

  1. Ai, Deus!!!!!!!!!!!!!!!!
    CONTINUAÇÃO, CADÊ, MUNIQUE??????
    Lembro que na primeira parte fiquei meio com raiva dos pais e meio indecisa sobre o amor do Joshua por ela.
    Mas quem não ama quando garotos bonitos e mal-educados entram no seu banheiro de repente e te vêem só de toalha? ♥
    HAHAHAHAHAHAHAHAHA!

    ResponderExcluir
  2. AAAAHHH, eu adoreeei, você escreve muchooo beeem!!!Parabéns viu?
    Obrigada pela visita, eu adorei seu blog, já tô seguindo ok?
    Volte sempre que der ao meu blog ok?
    Bisous!
    pequenomuffin.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. IDHSAIDHAOHOOA, que garoto folgado ¬¬
    achei ele meio gay, como pode ficar tão bravo por causa de uma menina de toalha? O_O' kkkkkkkk continua, porfvr *-*

    ResponderExcluir
  4. Xi, acho que o Joshua ficou pra trás, juntamente com a sua antiga vida, rs. Sinto cheiro de romance!
    Tão bom te ver de volta *-*
    Beijinhos

    Hipérboles
    @hiperbolismos

    ResponderExcluir
  5. Você escreve super bem, está de parabéns! Gostei do texto, acho que rolou um clima ali rs

    ResponderExcluir
  6. Nossa oq será que vai acontecer com esse rapaz...que vez tremer até a voz...rsrs
    Mil bjos
    *´¨)
    ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
    (¸.•´ (¸.•` **Cláudia Senamo
    Email: claudiasenamo@hotmail.com
    novaborralheira.blogspot.com.br
    www.facebook.com/NovaBorralheira

    ResponderExcluir
  7. Olá adorei o blog vem conhecer o meu http://enfimos18.blogspot.com.br/ se me seguir retribuo.

    ResponderExcluir
  8. Tá muito perfeita! Não vejo a hora de ler a terceira parte *o*

    ResponderExcluir
  9. Nusssss!! cadê a parte 3!? Posta, posta!! Hehehe
    Vc está de parabéns, hein!!
    =D
    Tô ansiosa!
    beijosssss

    ResponderExcluir

Comentários são bem-vindos, sejam eles positivos ou negativos. Só peço que, por favor sejam educados e não façam uso de palavrões. Obrigada pela visita!